Acessos

terça-feira, 23 de maio de 2017

Sem tempo para brincar, Apple pode comprar a Netflix e a Disney

Rica para um Sr. Caralho, a Apple tem guardada na poupança cerca de US$ 250 bilhões. Essa grana toda está parada no banco e pode ser investida a qualquer momento, gerando especulações sobre o que a Apple poderia comprar com essa fortuna. E a bola da vez é a Netflix.
O Citigroup, uma das maiores empresas de serviços financeiros do mundo, criou uma lista de empresas que têm chances de passarem por uma aquisição para se juntar à Apple. São sete companhias gigantes que poderiam ser adquiridas.
A maior aposta é realmente a Netflix. Na visão do Citi, as chances de a empresa de streaming de vídeo e produção de conteúdo ser comprada chegam a 40%. Atualmente, o valor de mercado da companhia é de US$ 68 bilhões, o que forçaria a Apple a pagar uma boa parte do valor que tem em caixa se realmente quisesse tirar essa ideia do papel.
Concluindo as apostas no setor de mídia, o Citigroup lista a Disney como possível alvo de uma aquisição, com 25% de chances. Enquanto isso, o Hulu também entra na lista, mas com chances basicamente nulas de 0%.
Outra possível aquisição que faria muito sentido é a compra da Tesla Motors. A empresa de veículos elétricos fundada e gerida por Elon Musk investe pesado em veículos autônomos, e já se sabe que essa é uma área em que a Apple está começando a apostar. A fusão seria uma forma de acelerar em alguns anos o desenvolvimento da tecnologia tendo ao seu lado um nome que já é muito forte no setor. A Tesla é avaliada em US$ 48 bilhões, e o Citi avalia as chances de compra em apenas 5%.
Outras apostas do grupo estão em games. Electronic Arts, Activision e Take-Two aparecem todas com 10% de chances de negócios. Segundo os analistas, a avaliação foi feita com base em cinco critérios: encaixe estratégico, escala global, tamanho da transação, recursos não-estratégicos e possível impacto no preço das ações da Apple.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre o post

DICA PROJETO VERÃO